netservbrasil

central de atendimento

51 4063.9966

Infraestrutura e Telecom

Glossário

Reunimos de forma clara e objetiva, os significados dos mais variados termos, expressões e palavras usadas pela area de tecnologia.

Letra C

CAD (Computer Aided Design)

Projeto com Auxílio de Computador. Refere-se ao uso do computador no desenho e projeção de peças industriais, componentes de máquinas ou 
projetos arquitetônicos e de engenharia.

CD-R

Tipo de CD que pode ser gravado com o auxílio de um drive especial. Geralmente usado para fazer backup de dados e programas ou "pirataria".

CD-ROM

Compact Disk Read Only Memory. Disco de armazenamento de informações que não lhe permite acrescentar dados, mas apenas ler a partir dele.

Cello

Um programa (browser) para navegar no WWW.

CERN

Trata-se do Laboratório Europeu de Física de Partículas, localizado em Genebra, Suíça. A sigla Cern é de seu nome anterior, Conseil Européen pour la Recherche Nucleaire(Conselho Europeu para Pesquisa Nuclear). Para os usuários Internet, o Cern é conhecido como o local onde foi desenvolvido a World Wide Web.

CERT

Computer Emergency Response Team. Organismo criado em 1988 pela Darpa, visando tratar questões de segurança em redes, em particular na Internet.

CGI (Common Gatyway Interface)

É uma interface para programadores desenvolverem scripts ou aplicativos que rodam por trás de um servidor Web. Estes scripts podem gerar texto ou outro tipo de dados em tempo real, em resposta a um input do usuário (exemplo: contador de usuários, sistemas de busca). Também podem levar respostas do usuário para o computador central (exemplo: quando a pessoa preenche um formulário online e envia para o provedor).

CGI (Computer Generated Images)

Imagens geradas por computador. O diretório (ou folder) \CGI, nos servidores de home pages, são usados não apenas para guardar as imagens expostas na Web, como também para armazenar os pequenos processos que se desenrolam na página, como as gifs animadas, arquivos de som, etc.

Chain Letter (ou Chain Mail)

Uma carta que é recebida por alguém e enviada para várias pessoas e assim sucessivamente até que se torna excessivamente difundida. Normalmente o seu texto incita à difusão da carta por outras pessoas.

Character Encoding Scheme

Método de codificação de caracteres; incluindo os alfabéticos, números, pontuação e outras marcações, além de caracteres de controle usando números binários. Para um computador "escrever" a letra A ou o número 7 na tela, por exemplo, nós precisamos ter uma maneira de dizer a ele que um determinado grupo de bits representa a letra A ou o número 7. Existem padrões, comumente chamados de "conjunto de caracteres", que estabelecem que um determinado byte representa um A, e outro byte refere-se ao 7. Os dois padrões mais comuns para representação de caracteres em bytes são ASCII e EBCDIC.

Chat

Conversa em tempo real através do computador. Em alguns sistemas mais antigos de chat, a tela é dividida em duas. Cada parte contém o texto de um dos interlocutores. Novos sistemas permitem a criação de "salas" de conversa em páginas de Web. O Netscape Chat, programa auxiliar do navegador Netscape, permite que várias pessoas troquem mensagens ao mesmo tempo e compartilhem endereços de páginas, permitindo uma forma de navegação em grupo. O chat na Internet ficou famoso através do servidores de IRC (Internet Relay Chat), onde são criadas as várias "salas" ou "canais" para abrigar os usuários.

Chips

Circuitos integrados formados por milhões de minúsculos componentes que desempenham uma função específica.

Ciberespaço

Termo criado pelo escritor William Gibson e inspirado no estado de transe em que ficam os aficcionados de videogame durante uma partida. A palavra foi utilizada pela primeira vez no livro Neuromancer, de 1984, e adotada desde então pelos usuários da Internet como sinônimo de rede.

Cliente

Programa que requisita serviços a um servidor. A Internet é toda baseada em uma estrutura de cliente/servidor. Por isso, cada um de seus serviços (correio eletrônico, FTP, WWW etc.) funciona basicamente com esse par de programas. Para cada tipo de cliente, há um servidor correspondente. Na Web, os programas clientes são os navegadores, enquanto os servidores são os programas que armazenam as páginas e verificam as autorizações dos usuários para acessar determinados arquivos, além de executar programas especiais (de busca, por exemplo).

Cliente-Servidor

Modo de distribuição de informações pela rede envolvendo o uso de um pequeno número de programas servidores para fornecer dados aos programas clientes, instalados ao longo da rede em muitos computadores. Com um banco de dados, o programa servidor fornece informações que lhe são solicitadas. O Gopher e o Archie são exemplos de sistemas cliente-servidor.

Cluster

A menor unidade de leitura ou gravação em disco do sistema operacional. Seu tamanho é variável, em função do tamanho do disco. Se o cluster mede 32 KB, qualquer arquivo menor que esse número ocupa, obrigatoriamente, um espaço de 32 KB.

CMOS (Complementary Metal-Oxide Semiconductor)

Um tipo de memória que armazena informações de configuração que perduram, através de bateria, mesmo se o computador for desligado, como relógio e calendário, dados do disco rígido ou senha de acesso ao computador.

CMYK (Cian, Magenta,Yellow e Black)

Sistema de quatro cores que, combinadas, podem gerar outras cores. Bastante usado em impressão e trabalhos gráficos.

Código Fonte

Durante o desenvolvimento de um programa, ele é inicialmente escrito em uma linguagem de programação (chamada neste caso de linguagem de alto nível) e depois traduzido, com o auxílio de um programa especial chamado compilador, para uma forma que pode ser entendida pelo computador. O código fonte é a versão do programa na linguagem na qual ele foi escrito. A disponibilidade do código fonte permite que um programador modifique o programa.

COM (communications)

Porta de comunicações ou porta serial usada por modems, mouses e algumas impressoras. O DOS define essas portas como COM1, COM2, COM3 e COM4.

Compressão

Processo pelo qual, através de programas específicos, procura-se diminuir o tamanho dos arquivos, sem perda de dados, para que ocupem menos área nos discos.

Conectividade

O termo refere-se às redes de comunicação ou ao ato de comunicar entre computadores e terminais.

Conexão

Ligação do seu computador a um computador remoto.

Conexão Direta

Ligação permanente entre dois computadores. Também é conhecida como linha dedicada.

Conta

Ter uma conta em um fornecedor de acesso é como ser sócio de um clube. O titular da conta recebe um nome de usuário (username ou apelido) e senha para acessar o sistema. Paga uma mensalidade de acordo com os serviços que utiliza e dependendo dos planos de pagamento do fornecedor de acesso.

Controle de fluxo

O processo de início-fim de handshaking que impede que seu modem ou impressora serial receba uma quantidade excessiva de dados do seu computador ou de outro modem. O controle de fluxo de software é chamado de XON/XOFF (transmissor ativado e desativado). O controle de fluxo de hardware é chamado de RTS/CTS (request/clear to send). Geralmente, o controle de fluxo de software pode ser melhor e mais rápido. Na sua configuração, selecione o controle de hardware se você souber que o outro sistema também o utiliza (o controle de software não pode ser usado neste caso), selecione a opção "nenhum" se o outro sistema não tiver controle de fluxo excessivo e selecione XON/XOFF se não souber qual é o tipo de controle usado pelo outro sistema.

Correio eletrônico (E-mail)

Forma de trocar mensagens entre usuários. Não é necessário que o destinatário esteja conectado à rede no momento em que a mensagem chegar. Um aviso indicando quantas mensagens novas existem será apresentado assim que o usuário se conectar ao sistema. É possível enviar cópias de mensagens para várias pessoas e também guardar as mensagens enviadas. Pode-se ainda usar o correio eletrônico para participar de listas de distribuição.

Cracker

É aquele tipo de pessoa que tenta acessar sistemas sem autorização. Essas pessoas geralmente não têm as melhores intenções, ao contrário dos hackers, e possuem muitos meios de quebrar um sistema.

Criptografar (encriptar)

Criptografar um arquivo significa convertê-lo num código secreto, para que as informações nele contidas não possam ser utilizadas ou lidas até serem decodificadas.

contato

infra

Desenvolvemos e fornecemos soluções personalizadas em TI.

alertaSucesso
alertaErro